diagnóstico-empresarial

Diagnóstico empresarial: saiba por que e como implementá-lo

(Se você está sem tempo para ler, você pode ouvir o nosso post. É só apertar o play!)

De tempos em tempos, vamos ao médico para saber sobre nossa saúde, identificar problemas e combater doenças logo no início. Nesse sentido, por que não fazer um check-up para também avaliar a saúde dos nossos empreendimentos? Você já ouviu falar em diagnóstico empresarial?

O levantamento detalhado das diferentes áreas é essencial para reduzir as incertezas sobre os ambientes interno e externo. A partir dele, você formará uma base de conhecimento sobre a empresa, identificando pontos fortes e fracos, além de riscos e oportunidades.

Então, que tal entender esse processo para melhorar a tomada de decisão e fundamentar as medidas a partir de análises consistentes? Continue a leitura para ver as principais dúvidas sobre diagnóstico empresarial respondidas!

O que é o diagnóstico empresarial?

A prática consiste na análise sistemática de uma empresa em suas áreas vitais, como vendas, marketing, finanças e operações. Nela, o que é feito atualmente é confrontado com padrões de qualidade, Key Performance Indicators (KPIs) e outras ferramentas para identificar gaps e oportunidades.

Os gaps são a distância entre o desempenho esperado e o realizado. Por exemplo, se o processo deveria desperdiçar, no máximo, 1% dos recursos, mas desperdiça 10%, há um gap de 9% que precisa ser trabalhado com “remédios” específicos.

Já as oportunidades são as situações que podem ser aproveitadas pelo negócio. Um exemplo simples é o de uma empresa que vende um determinado produto e percebe que existe o potencial de fazer ofertas secundárias, como uma marca de sapatos que passa a vender camisas sociais.

Quais são seus benefícios?

O diagnóstico empresarial é fundamental para entender o estado da empresa e propor “remédios”. Assim, a análise se traduz em diferentes benefícios:

  • melhora a qualidade das decisões;
  • possibilita tomar medidas antes que os problemas se tornem uma bola de neve;
  • identifica desperdícios e excessos;
  • permite descobrir oportunidades viáveis;
  • mapeia a relação de causa e efeito entre os problemas e as ações da empresa.

Tudo isso será importante para melhorar o desempenho da empresa em processos, finanças, estratégias e outras áreas. Ademais, a análise do empreendimento também pode ser uma providência de due diligence, ou seja, de investigação e avaliação antes de uma aquisição, fusão ou parceria de negócios.

Como colocá-lo em prática?

A primeira etapa é o planejamento. Nela, os “médicos” precisam escolher os critérios de análise — indicadores de desempenho e padrões de qualidade que caracterizam uma empresa saudável, considerando as especificidades do empreendimento.

Posteriormente, a equipe vai a campo, entrevistando colaboradores, avaliando documentos, observando o fluxo de trabalho, aplicando ferramentas de gestão, entre outras atividades para entender os padrões realizados na empresa.

Por fim, os gaps e as oportunidades são levantados, confrontando o ideal e o existente. A partir de então, criam-se planos de ação para aproximar a empresa do patamar ideal, promovendo mudanças internas.

Como saber se minha empresa precisa de um diagnóstico empresarial?

Os médicos são consultados quando queremos prevenir doenças ou os sintomas já se implementaram. Você convive com conflitos, processos burocráticos e ineficientes, falta de visão estratégica, problemas financeiros e coisas do gênero? Então, certamente, é hora de um check-up.

Logicamente, o ideal é buscar o auxílio especializado para que a análise de empreendimento traga bons frutos. Normalmente, a dificuldade não está em constatar o problema, mas sim em mapear a causa da doença, afinal, as dores são sentidas.

Se você quiser ajuda, a Múltipla Estratégia pode colocar uma equipe de consultores especializados a serviço da sua empresa. O time é bastante experiente e conhece as principais ferramentas do mercado, logo pode entregar o know-how de que você precisa para promover mudanças.

O objetivo da consultoria é conduzir as etapas do diagnóstico e entender as dores da organização. Posteriormente, um especialista será deslocado para propor e orientar as mudanças. Haverá o acompanhamento tanto da parte de levantamento de dados como da execução do plano de ação.

Esse processo de melhoria organizacional parte da criação de uma estrutura de Business Analysis. Isto é, todos os dados do cliente são coletados para que, por meio da identificação de padrões e tendências, seja possível mapear dores, potencias e necessidades.

Posteriormente, com fundamento em práticas de Enterprise Architecture e Enterprise Analysis, é possível desenhar uma estratégia para corrigir os pontos fracos e reestruturar o negócio para aproveitar as oportunidades de modo eficiente.

Sendo assim, é uma forma de contar com as ferramentas necessárias para um bom diagnóstico empresarial, que será a chave para implementar melhorias e resolver problemas. Portanto, é o ponto de partida para promover um crescimento sustentável.

Para tirar suas dúvidas e conhecer nossa consultoria, entre em contato com a gente!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.